Como a gratidão influencia em nossas habilidades socioemocionais?

Como a gratidão influencia em nossas habilidades socioemocionais?

Sentimento, que está associado à empatia e à reciprocidade, reforça as interações e os laços entre as pessoas

A gratidão é um sentimento de reconhecimento a alguém e, portanto, constitui uma emoção ligada ao relacionamento interpessoal e à capacidade de retribuição. Todas as culturas valorizam a gratidão. Já a ingratidão, pelo contrário, é desaprovada socialmente e pode até mesmo gerar exclusão social — não saber reconhecer aquilo que se recebe de outra pessoa é considerado uma falha moral e um sinal de interação social inadequada.

“A gratidão é importante para reforçar os laços sociais e os relacionamentos, além de ser um sentimento agradável para quem o vivencia”, explica Tania Fontolan, professora e diretora-geral do Programa Semente.

Há uma série de estudos que comprovam que a gratidão gera bem-estar e felicidade tanto no indivíduo que ganha algo e agradece quanto em quem pratica a ação e recebe o agradecimento. “Ambos se sentem partes de um elo em que impera a reciprocidade. Pessoas gratas alimentam um ciclo de boas trocas: porque eu reconheço a gentileza que recebi, eu me sinto estimulado a retribuí-la. A gratidão também melhora o clima entre desconhecidos que interagem em contatos rápidos”, conta a diretora.

Ela ressalta que o sentimento de gratidão tem grande influência em nossas habilidades socioemocionais. Para sentir gratidão, é necessário enxergar o outro e “admitir que as ações feitas por ele não são direito adquirido de quem as recebe, mas uma atitude de generosidade ou gentileza por parte de quem as pratica”. Isso significa que a gratidão é um sentimento diretamente relacionado à empatia.

Empatia e gratidão podem ser ensinadas e aprendidas

Como todas as habilidades socioemocionais, Tania destaca que a empatia e a gratidão podem ser ensinadas e aprendidas. Por isso, é importante que as crianças e os adolescentes sejam orientados a interagir com os outros de forma respeitosa, reconhecendo as ações realizadas pelas outras pessoas. “Dizer ‘muito obrigada’ é uma forma importante de interação e de respeito à existência do outro, tirando-o da condição de invisível”, exemplifica a educadora.

Pesquisas também mostram que as crianças podem entender o sentimento de gratidão a partir do momento em que se reconhecem como indivíduos. Nesse momento, elas também estão prontas para reconhecerem os outros e entenderem que não existem apenas as vontades delas. “Portanto, o que recebem de outras pessoas não se trata de obrigação, mas de gentileza que deve ser reconhecida”.

Nesse sentido, pais e educadores devem orientar as crianças desde cedo a agradecer presentes, serviços, informações, favores ou pequenas ações que recebem de pessoas próximas ou desconhecidas no dia a dia. “Ser educado é a forma de aprender a viver em sociedade de maneira mais equilibrada e saudável”, conclui a diretora.

2019-12-05T11:53:24+00:00 Semente na Escola|