Cláudia: Você ainda é feliz na sua relação?

Cláudia: Você ainda é feliz na sua relação?

Data: 11/06/2019

Veículo: Revista Cláudia

A vida a dois requer constantes negociações e muita empatia – e a reflexão é ponto crucial da jornada

É Dia dos Namorados e o clima de romance está em toda parte, contagiando a todos. Menos àqueles, que, apesar de estarem em um relacionamento, não se sentem felizes, muito menos dispostos a comemorar. Este é seu caso? Se sim, o que causa seu descontentamento?

Caso não saiba a resposta, aqui vai um exercício de reflexão: questione-se a respeito de sua relação, pense se ela lhe faz mal ou bem, ponha na balança seus aspectos positivos e negativos. Lembrando que um relacionamento não precisa ser perfeito o tempo todo, pois a vida não é um comercial de margarina e a alternância entre momentos de maior ou menor felicidade é natural.

O problema é quando a balança pende mais para o lado negativo. “Um relacionamento deve trazer predomínio de emoções agradáveis e positivas, se isso não acontece, ele se torna tóxico”, explica o professor Eduardo Calbucci, co-criador do Programa Semente, de habilidades socioemocionais.

Ele aponta que, antes de qualquer coisa, a vida a dois requer constantes negociações e muita empatia. “É absolutamente essencial em uma relação compreender o que o outro está sentindo e pensando. É preciso preocupar-se com as próprias necessidades, mas também olhar a dos outros”.

Leia mais

2019-06-24T13:41:56+00:00 Semente na Mídia|