Capricho: Como as redes sociais podem deixar as pessoas mais ansiosas nas férias

Capricho: Como as redes sociais podem deixar as pessoas mais ansiosas nas férias

Data: 20/07/2019

Veículo: Capricho

Você sabe o que significa a expressão “FOMO”? Em inglês, ela quer dizer “fear of missing out”, ou seja, medo de perder coisas, de ficar de fora. Essa sensação de não pertencimento causa no jovem o que é cientificamente conhecido comoansiedade social, que se agrava com o uso das redes sociais. Além da constante necessidade de se manter conectado, o adolescente sente também a necessidade de fazer o que aquelas pessoas que ele admira estão fazendo. Na maioria das vezes, esses @s são influenciadores e levam “a vida perfeita da internet”: viagens, recebidos, jantares… É claro que tudo isso faz parte do trabalho, mas, quando se é muito novo, fica mais difícil perceber a sutileza do que é montado para parecer orgânico, natural, casual.

Cada um lida com essa frustração de uma maneira, sendo mais ou menos afetado. É impossível, entretanto, se sentir indiferente. Todos somos atingidos pela onda de não pertencimento em algum momento e, quando não sentimos mais nada, talvez estejamos no quadro mais preocupante de todos causado pela ansiedade: o da indiferença com relação aos outros e à própria vida. É inevitável deixar de relacionar esses pontos ao fato de que, nos últimos dez anos, os casos de depressão e suicídio entre jovens aumentaram 24% no Brasil, segundo pesquisa da Unifesp publicada na Revista Brasileira de PsiquiatriaDurante a adolescência, a noção de isolamento, de “não encontrar sua turma”, causa danos maiores e mais graves à saúde mental. “Há outras possibilidades para interpretar essa situação? Se sim, quais são elas? Saber reconhecer emoções, relacionando-as com os pensamentos que as geram e entendendo como tudo isso influencia o comportamento permite que cada um compreenda melhor as próprias limitações e conheça suas fortalezas, o que aumenta a confiança, o otimismo e a autoestima”, dá a dica médico psiquiatra e educador Celso Lopes de Souza, fundador do Programa Semente.

Leia mais

2019-08-29T12:15:41+00:00 Semente na Mídia|